Buscar
  • Luan Silva

Uma boa superfície te ajuda na prevenção.

Atualizado: Mai 22

O cuidado com a transmissão de doenças e germes sempre foi presente na rotina de locais compartilhados. Atualmente, por conta da pandemia do vírus COVID 19, esses cuidados são ainda mais presentes e obrigatórios. Mas você sabe como as superfícies do dia-a-dia podem ajudar nesse combate?


Você provavelmente já ouviu algum fabricante dizendo que comercializa uma superfície antimicrobiana ou antibacteriana, certo? Mas, infelizmente, essa normalmente é uma afirmação errônea. Logicamente que uma superfície com esses recursos seria bem vinda para revestir uma escrivaninha, mesa de reuniões ou uma lousa de parede, por exemplo. Porém, superfícies tradicionais como o vidro, formica ou porcelana, não possuem a capacidade natural de agir como auto desinfetantes e eliminar os germes. No entanto, algumas dessas superfícies (como esmaltadas de porcelana, também conhecidas como superfícies de esmalte vítreo ou CeramicSteel) possuem uma função bacteriostática.


A função bacteriostática tem como princípio inibir o crescimento de microrganismos, bactérias germes e vírus, para que a desinfecção seja mais concentrada e fácil. Além disso, CeramicSteel também é resistente a bactérias, ou seja, a superfície é completamente inorgânica, não pode ser decomposta e usada como fonte de nutrição pelos micróbios. Isso facilita a eliminação de bactérias que podem ter sido transferidas para as superfícies pelo ar ou por contato físico.



A resistência bacteriostática do CeramicSteel ainda não foi testada com o vírus COVID 19, mas com as novas exigências de desinfecção contínua com álcool 70%, que a quarentena exige, é ótimo ter a certeza de que sua superfície tem a resistência suficiente para ser limpa sem preocupações e desgaste.



18 visualizações

Copyright © 2016 CeramicSteel Mercosul

Fale com a gente (11) 2066-7440